<$BlogRSDUrl$> /* ----------------------------------------------- Template Design Nome: Grande Chefe Designer: Guilherme ----------------------------------------------- */ Lembranças dos Guerreiros bgcolor="#FEEDDF">

2006/03/27

O Dia da (minha) Mãe 



Quando eu nasci,
ficou tudo como estava,
Nem homens cortaram veias,
nem o Sol escureceu,
nem houve Estrelas a mais...
Somente,
esquecida das dores,
a minha Mãe sorriu e agradeceu.

Quando eu nasci,
não houve nada de novo
senão eu.

As nuvens não se espantaram,
não enlouqueceu ninguém...

P'ra que o dia fosse enorme,
bastava
toda a ternura que olhava
nos olhos de minha Mãe...


Sebastião da Gama (1924-1952)

Com uma saudade imensa... Parabéns Mãe!


| |  (1) das outras tribos



Antes

Depois


| |  (0) das outras tribos

2006/03/07

A tradição já não é o que era... 




Questão colocada por um amigo via sms, domingo à noite:
Depois do filme Brokeback Mountain a expressão "brincar aos cowboys", continuará a ter o mesmo significado?


| |  (0) das outras tribos

2006/03/03

5ª foi 6ª... 




Na Toyota Box, 6 amigos o Didi, o Calado, o Molas, o Tózé a Maria João e a Luísa acompanharam-me ontem numa viagem a outras sextas.
20 anos passados:
E o que foi feito de ti
E o que foi feito de mim
E o que foi feito de ti
Já me lembrei, já me esqueci
À porta do Rock Rendez-Vous, ali na Rua da Beneficência, era o local de encontro. À porta os habituais seguranças, tudo bem familiar para os habituais frequentadores, principalmente depois de termos descoberto, que até morávamos na mesma rua.
- Tudo fixe!
- Na maior, bué da people, hoje! Quem temos!
- Xutos!
- Entrem lá!
- Bute!...
Normalmente o grupo era de 7 ou 8, acelerados, na maior, ou caretas, mas sempre fiéis às matinés de 4ª feira, e respectiva balda às aulas e às noites de 6ª e Sábado, às miúdas e de uma forma ou outra à vida.
Queimando tempo
Perdendo tempo
Esticando tempo
Eu já tenho tempo
O teu tempo vai passar
Aproveita tudo o que há em ti
Lá dentro lusco-fusco, fumo, os cheiros dos perfumes misturados com as essências exóticas, som muito som, conversa só mesmo ao ouvido e dependendo da boca ou do ouvido eram melhores ou piores.
E enquanto esperava
No fundo da rua
Pensava em ti
E em que sorte era a tua
Quero-te tanto
Quero-te tanto
A saída de madrugada direitinhos aos bolos da Praça do Chile, porque a fome não perdoa e estávamos em idade de crescimento.
Decididamente avanço à toa
pela moderna baixa de Lisboa
entre escadas e escombros
O desaparecimento do R, do M, do A,
No fundo do mar
Jazem os outros, os que lá ficaram
Em dias cinzentos
Descanso eterno lá encontraram
O fim da noite ou principio do dia, na paragem do autocarro, já sem forças para rir…
Sozinho na noite
Um barco ruma, para onde vai?
Uma luz no escuro
Brilha a direito, ofusca as demais
Os sonhos perdidos em conversas sobre futuros tão longínquos
Pensas que eu sou um caso isolado
Não sou o único a olhar o céu
A ver os sonhos partirem
À espera que algo aconteça
A despejar a minha raiva
A viver as emoções
A desejar o que não tive
Agarrado às tentações
Ficam os sons, os sabores, os cheiros, e as imagens de outras sextas 13!
E os olhos marejados…
É a escolha que se faz
O passado foi lá atrás
E nasce de novo o dia
Nesta nave de Noé
Um pouco de fé.
Resumo da viagem no feita musical Sexta-Feira 13.
Recomenda-se, para os que abanavam o capacete à mais de 20 anos, há a plateia em pé, os mais novos que se sentem, é que vos falta um bocadinho assim, sem corantes nem conservantes …
Já não se fazem como antigamente, ai não, não!


| |  (0) das outras tribos

2006/03/01

Sem grande vontade... 



Regressar, apontar os dedos ao teclado, só movido pelo desejo de recordar, porque a capacidade, de hoje, é quase nula...
Foi um final de semana…
Só domingo melhorou…
Com a oferta de um bilhete para o SLB – FCP lá arranquei munido de um bom agasalho rumo à Catedral do Futebol e para ver um Porto sem milagres. Lá exorcizei os males da semana.
Libertado das más energias, tomei decisão de me desligar das fontes ruins, o Nokia foi o primeiro a ser dispensado, já tinha tirado e enviado as fotos, os parabéns, os cutucanços, era tempo de lhe dar sem despacho oficial, uma tolerância de ponto de 2 dias e umas horas. Foi d’ homem!
Chegado ao repouso fui directo à arrecadação, havia que finalizar tarefas há muito adiadas… bricolages!
Segunda-feira, meio da tarde primeira fase terminada… Agora é a vez do jardim, arrancar ervas daqui renovar plantas dali, adubar… Já de noite!... Jantar, até os Guerreiros mais fortes não dispensam o estômago devidamente aconchegado. A seguir a caminhada do kilo, com a certeza de no regresso ter por companhia as páginas do livro do Rui Tavares.
Sono calmo e reconfortante.
Terça-feira, terminei a bricolage, almocei calmamente, passeei pelo pinhal, dei uma volta de bicla, ouvi uns LP’s no recém reparado gira-discos, matei saudades do Otis Redding
Sittin' here resting my bones
And this loneliness won't leave me alone
It's two thousand miles I roamed
Just to make this dock my home

Quem diria quase 3 dias sem telemóvel nem computador, que saudades de ontem!...


| |  (0) das outras tribos




« As Tribos »

A Inzibidinha (reborn)
Abrupto
Afrodite
Avatares Desejo
Bosque da Robina
Caderno da Corda
Cinco Dias
Canto do Melro
E-konoklasta
Estado Civil
Finúrias e Teixirinha
Geração Rasca
Hammer
História d'uma vida
Hoje há conquilhas
Introvertido
Just Music and Words
Lembranças
Macroscopio
Mafia da Cova
Malhas
O Jumento
Observador
Ondas
Outsider
Peciscas
A Quinta
Rui Tavares
Prof.Teresa
Violino Meu



« As Tribos Perdidas»

Barnabé
Enigmódromo
Estaleiro
Farol das Artes
Hepatite C
Lisboa em Fotos
Mal o Menos
Psicólogo Neurótico
Teacher
Titas
Tugir
O Velho de Alfama


« Rede Boa »

Google
Dwelling
Instituto Camões
José Luís Peixoto
MuseusPT
Arqueologia
Sanzalangola


« Ecos anteriores »


Fevereiro 2004Março 2004Abril 2004Maio 2004Junho 2004Julho 2004Agosto 2004Setembro 2004Outubro 2004Novembro 2004Dezembro 2004Janeiro 2005Fevereiro 2005Março 2005Abril 2005Maio 2005Junho 2005Julho 2005Agosto 2005Setembro 2005Outubro 2005Novembro 2005Dezembro 2005Janeiro 2006Fevereiro 2006Março 2006Abril 2006Maio 2006Junho 2006Julho 2006Agosto 2006Setembro 2006Outubro 2006Novembro 2006Dezembro 2006Janeiro 2007Fevereiro 2007Março 2007Abril 2007Maio 2007Junho 2007Julho 2007Setembro 2007Outubro 2007Novembro 2007Dezembro 2007Janeiro 2008Fevereiro 2008Março 2008Abril 2008Maio 2008Junho 2008Agosto 2008Setembro 2008Outubro 2008Novembro 2008Dezembro 2008Janeiro 2009Março 2009Maio 2009Julho 2009Agosto 2009Setembro 2009Outubro 2009Dezembro 2009Março 2010Junho 2011Junho 2012





« Correio »

o.grande.chefe@gmail.com
« Reservas »

This page is powered by Blogger. Isn't yours?
Add to Technorati Favorites